data-url="http://corrajucorra.com" data-themeurl="http://corrajucorra.com/wp-content/themes/thevoux-wp" data-spy="scroll">

Armário Cápsula: Adote o estilo de vida clássico das francesas!

 

unf-1200

Entenda porque, o armário cápsula conquista cada vez mais adeptos, e porque, além de cool virou um estilo de vida.

Você sabia que o guarda roupa feminino clássico francês tinha apenas dez peças?

Loucura? Não é bem assim!

Claro, que o conceito de armário cápsula não é você viver apenas com dez peças, eu francamente acharia radical demais, Deus sabe o quanto eu amo uma boa saia tou tou bailarina com glitter, ou uma jaqueta de couro vermelho sangue!

E essas, não são peças consideradas nada básicas.

Mas, o conceito que quero te explicar mais a frente, pode, de fato, mudar sua vida:

O armário cápsula: é um closet composto por poucas peças, e peças que sejam realmente colocadas em uso (contando como peças casacos, sapatos, terceiras peças, etc)

guarda-roupa-minimalista-02

 

Esse conceito pode mudar sua vida e a forma que você se relaciona com consumo porque nele você vai:

Saber tudo que você tem, aprender a comprar peças de qualidade ao invés de quantidade (e com isso, economizar um bom dinheiro), aprender a montar diversos looks com um número menor de peças, valorizar suas preciosas roupas (tem gente que compra muito, por impulso, não usa nada e entulha tudo dentro do guarda roupas, que a titia sabe), e principalmente mudar o discurso: “não tenho nada para vestir”, na hora de sair de casa!

Um exemplo bacana de armário cápsula é o da blogueira america Caroline Rector, do blog Unfancy, que vive com 37 peças em seu armário.

“Não muito tempo atrás eu olhei a minha volta e vi que todas as coisas que eu tinha acumulado precisavam do meu tempo e da minha atenção. Me perguntei se eu não poderia trocar todas aquelas coisas por mais tempo, contentamento e alegria”, escreveu a blogueira. “Eu pensei que iria odiar. Afinal, fazer compras era o meu negócio. Mas aconteceu que, ao ter menos, eu senti que tinha mais”.

E como funciona? A cada três meses Caroline monta seu armário-cápsula, com 37 peças, com coisas que fazem sentido para aquela estação, e armazena, em caixas debaixo da cama, peças que ela ama muito e/ou vai usar em outra estação, como casacos pesados e lãs, pro inverno. Mas esse número não é uma regra.

Faça seu Próprio Armário Cápsula

Entenda que o armário capsula não é sobre o número de peças, (mas, não se auto boicote, se quer mesmo entrar nessa, não faça um com 300 peças).

Acho, que, o que importa aqui é enxergar as roupas, sapatos, acessórios e bolsas como objetos importantes que merecem ser valorizados, usados de forma consciente. E o mais importante: dar valor pra sua vida financeira, se reeducar, alguém que compra muito, não trata bem suas peças e não usa nada, está perdendo dinheiro, e ninguém gosta de perder dinheiro.

Pense em peças você realmente precisa para cada estação, pense sobre os sapatos. Pense sobre o tipo de vida que você leva, analise quem é você, que estilo você realmente se identifica e faz sentido para sua vida.

Dicas básicas

  1. Dica: Tenha Tempo

Vai dar trabalho, daqueles que vão te fazer pensar na vida, você ter compromissos a tarde e tirar apenas manhã pra fazer isso não é sábio.

E por experiência própria: Não comece, e deixe pra acabar depois, comece de manhã, com disposição, e tenha aquele fim de semana livre para tal! (E separe caixas organizadoras, ou boas caixas em bom estado).

Não, não sou exagerada! Sei, que você pensou isso. Quando você começar a mexer nas suas roupas, você vai mexer diretamente na sua organização, na sua auto estima, auto imagem, isso vai te fazer pensar! Continue lendo esse texto, prometo que não sou maluca!

2. Dica: Você vai precisar analisar cada peça com carinho e se perguntar: Isso me faz feliz?

E se até aqui, você não achou que eu era maluca, agora você deve estar com algumas dúvidas sobre minha sanidade, mas, é importante que você use peças que você gosta e que te deixam feliz.

Mas antes de se fazer essa pergunta, você terá que tomar uma resolução muito mais prática: Tirar TUDO do seu armário.

Tudo, mesmo, limpar o armário, para aí sim começar a analisar as peças.

Não paralise nessa hora, te garanto que essa organização te fará muito mais feliz, pegue a peça, olhe para ela, analise muito bem o que você sente quando olha para ela,

Ela tem um bom caimento?A peça veste adequadamente? eEla está defeituosa de forma que não tem concerto?

Se você tem peças, que não usa faz um ano, amiga: pilha de doação. (Salvo raros casos, como vestido de festa em perfeito estado, que caiba e esteja com bom caimento.) Se estiver com caimento ruim, DOAÇÃO!

E, é aí que você se pergunta, mesmo para o que serve, e cai bem: Eu gosto de vestir isso? Isso me faz feliz???

3. Dica: Faça as Pilhas

Você vai fazer quatro pilhas,

Pilha 1: Peças que são do meu novo armário cápsula (incluindo sapatos, terceiras peças, etc. Mas, acho que você já entendeu esse conceito.)

Pilha 2: Roupas da Estação Oposta (que ainda ficarão com você, mas, você guardará caixas organizadoras, para usar na estação seguinte, para que elas não entulhem seu armário e atrapalhem a visualização e composição de seus looks.)

Pilha 3: Doar/Fazer Bazar/Vender em brechós On Line: tome cuidado com a terceira pilha, assim que organizar a pilha, guarde as roupas em caixa, e de destino a elas, não caia na besteira de voltar com elas pro armário e acabar não se livrando da bagunça.

Pilha 4: Jogar no Lixo: Infelizmente terão peças que podem ter essa finalidade, rezo para que não, e as coisas possam ser doadas num estado digno, e que a energia circule, mas, não tenha medo de desapegar!

4. Dica: Aprendendo a variar os looks do dia:

Look é uma coisa, peça é outra. Um armário de quinze peças pode render várias combinações, looks do dia perfeitos!

Imagina um de 45? ou 37?

Quando você pegar uma saia, ou uma calça (seja calça skinny ou pantacourt) se imagine usando-as, com pelo menos 3 ou 4 partes de cima diferentes.

E você pode várias os acessórios: lenços, colares, brincos, bandanas. Minha dica útil é sempre procurar comprar acessórios legais, que sejam diferentes entre si, isso muda a cara do look!

As vezes, um batom de outra cor, já dá um tom totalmente diferente.

5. Dica: De olho no futuro

Vai chegar a hora que você vai precisar comprar!

Se atente ao uso da palavra precisar, eu não usei: querer – comprar – desesperadamente.

As estações vão mudar. E, o que fazer, caso você não tenha peças suficientes pro frio na pilha que “Te faz feliz”?

Simples: Primeiro, antes de sair pra comprar, crie o conceito de se planejar pra isso, reserve uma quantia, mês a mês, até lá, para ser usada para essa finalidade! (Você vai economizar tanto), e caso isso não seja possível, foque esse período para repensar sua maneira de consumir, e aproveite para liquidar dividas no cartão de crédito (caso as possua).

Na hora certa de comprar, pesquise peças que não mudem tanto com passar do tempo, priorize especialmente peças com bom acabamento (e que estejam dentro do seu orçamento.), e claro, como ninguém é de ferro, invista em uma ou outra tendência (mea-culpa, afinal, somos fashionistas de coração, não mártires)

E não esqueça das perguntas básicas: “Essa peça me fará feliz? ela cabe no meu orçamento? consigo me imaginar combinando essa peça com pelo menos 4 looks? esse investimento vale a pena?”

Para te ajudar nessa empreitada separei duas dicas de livros bacanudos:

MADAME CHARME – Jenniffer L Scotti – Que de forma leve e divertida nos apresenta a forma charmosa de uma parisiense se relacionar com consumo.

A MÁGICA DA ARRUMAÇÃO – A Arte Japonesa de Colocar Ordem na Sua Casa e na Sua Vida – Marie Kondo – Eu considero “A Mágica da Arrumação” um livro para as mais fortes. O método proposto pela autora é mais profundo e bem eficaz! Engloba sua casa toda, e sua vida. É uma reflexão mais profunda que vale a pena.

Vou ficando por aqui,

Seguindo essas dicas simples, não tem erro!

Não faz o menor sentido você ter roupas que não te deixam feliz, e nem linda. Você é especial, e merece se sentir especial.

juliana

A correria dentro da cabeça de uma garota interessada em POPCulture, arte, moda e educação.

1 Comment

Powered by keepvid themefull earn money